Buscar
  • Agência Passion

2021 - Uma gestão mais eficiente em energia

Atualizado: Jul 31

O mercado de Geração Distribuída (GD) cresce em ritmo acelerado no país. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), existem, atualmente, mais de 300 mil conexões de GD solar fotovoltaica, totalizando 3,6 GW de potência instalada operacional. Isso significa mais de R$ 18,2 bilhões em investimentos acumulados desde 2012. Entre os motivos para esse crescimento, que se acredita ser de 130%, estão a valorização da energia limpa obtida de fontes renováveis e o aumento nos preços da energia elétrica. Com isso, “sustentabilidade + tecnologia” não é mais uma tendência do mercado, mas primordial às empresas competitivas.



Nesse contexto, a energia solar é uma oportunidade sólida para negócios, com benefícios relevantes a médio e longo prazos, principalmente em relação à economia. É possível reduzir até 95% na conta de luz. Além disso, empresa que utiliza sistemasde energia solar reduz os impactos ambientais. Hoje vemos um movimento mundial que cobra soluções verdes por parte das marcas. O Brasil, por exemplo é um dos países signatários do Acordo de Paris e tem a obrigação de diminuir as emissões de gases de efeito estufa em 43% até 2030. Com isso, as empresas instaladas aqui têm o compromisso de adotar gestões mais eficientes em energia, seguindo as metas de descarbonização.


Outra vantagem da energia solar é geração de emprego. De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), desde 2012 já são mais de 108 mil empregos acumulados. Em nível mundial a tecnologia é responsável por contratar 3,4 milhões de pessoas direta e indiretamente, conforme dados da Agência Internacional de Energia Renovável (Irena). Estima-se que para cada megawatt instalado sejam gerados 30 postos de trabalho.



Mais do que nunca é preciso pensar e agir verde! No próximo artigo veremos exemplos do que está sendo feito em outros países com maior e menor capacidade de geração solar do que o Brasil.

20 visualizações0 comentário